Divinação através de dados

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Divinação através de dados

Mensagem  Manuel Araújo em Ter Out 22, 2013 12:56 pm

Resolvi partilhar aqui o método que reconstruí, apesar de ser apenas - em princípio - aplicável à Gália. Contudo, não vejo problemas em que seja usado por um Iberoceltista, apesar da disparidade entre culturas, ainda que aparentadas.

http://www.scribd.com/doc/169918835/Divinacao-Gaulesa-Atraves-de-Dados

Se tiverem questões e/ou sugestões sobre o assunto, fiquem à vontade para as colocar. Wink 

Manuel Araújo
Devoto
Devoto

Mensagens : 79
Data de inscrição : 12/05/2011
Idade : 25
Localização : Portugal

http://celtocrabion.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Divinação através de dados

Mensagem  M· Diniz Nemetios em Ter Out 22, 2013 7:46 pm

Muito interessante, Manuel - vou dar uma olhada com calma depois e posto cá minhas impressões, OK.

De antemão, parabéns pelo trabalho, é assim que a coisa progride! o/

_________________
·M·D·NEMETIOS·
·BRIGAECOM·
·PARAHYBA·BRASILIA·
---
Castro dos Brigaecoi
Senākokredīmā
Recons IberoCeltica Forum

M· Diniz Nemetios
Administrador
Administrador

Mensagens : 297
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 30
Localização : Lagoa Seca, Parahyba - Brasil

http://recons-iberoceltica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Divinação através de dados

Mensagem  Manuel Araújo em Qua Out 23, 2013 5:45 pm

Pensava que já conhecias esta minha proposta! Já a tinha publicado há quase precisamente um mês atrás. Smile 

Manuel Araújo
Devoto
Devoto

Mensagens : 79
Data de inscrição : 12/05/2011
Idade : 25
Localização : Portugal

http://celtocrabion.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Divinação através de dados

Mensagem  M· Diniz Nemetios em Seg Jun 16, 2014 8:30 pm

Manuel, minhas desculpas por tão lenta resposta. Sim, havia visto aproximadamente na época em que publicaste no Scribd, mas só o fiz de vista ligeira, quando publicaste cá foi que fui ver o documento de modo mais decente.

Quanto a apresentação do material arqueológico, das conjecturas interpretativas e das inferências de uso, creio que apresentaste bem, realmente, é de se desconfiar que tais ferramentas tiveram uso oracular - apesar de também a possibilidade do uso lúdico e/ou contabilístico (como ferramental que auxiliasse em cálculos, talvez) são fortes. Mas independente disto, ou melhor, paralelamente a isto, pode-se muito bem construir uma proposta moderna de augúrio, pois muitos de nós acreditamos que seja algo a somar (e um recurso a mais para não recorrer ao gaélico ogham, por exemplo) e nisto o trabalho está muito bom!

Bem, no entanto, a base metafísica da proposta - e o assunto genuinamente sério (que deveria chamar atenção de todos os celtistas em geral, e não apenas de gauleses ou da gente aqui) - é a, digamos, "numerologia". Esta é a chave de qualquer sistema deste tipo e o que atribuirá ou não validade ao mesmo. É um assunto difícil e talvez seja interessante fazermos uma busca mais geral sobre concepções/associações numerológicas entre os outros povos Indo-Europeus para sabermos se há algo que aponte para uma compreensão primordial ou se os sistemas foram cultural e temporalmente distintos. Que tal? Especificamente sobre tua proposta, me pareceu bem funcional, não a testei, mas fiquei curioso.

Sobre um método tradicional de tiragem de tal sistemas de augúrio (atestado na literatura medieval hibérnica e nos comentadores greco-romanos) é o da construção na hora/in loco dos "palitos"/dados, etc. Onde o galho ou árvore/madeira, sua "derrubada" ou retirada ritual para o augúrio possuem importância para a eficácia do "instrumento" também. Suspeito que tal eficácia se dê pela concentração de *neybos no galho ritualmente retirado no momento, que poderia, com o tempo e na ausência dos procedimentos adequados, dissipar-se, "perdendo" seu valor de potencialização/instrumentalização. Mas isto é algo no nível de UPG, compartilho apenas por me parecer que algo parecido sobrevive em certas manifestações folclóricas (por exemplo, na hidroestesia) e pode ser traduzido nesta forma.

Questão besta: a verbena (verbena officinalis) não é um planta tipo arbusto pequeno? Como utilizavam (o uso do caule - que é fino), sabes algo?

_________________
·M·D·NEMETIOS·
·BRIGAECOM·
·PARAHYBA·BRASILIA·
---
Castro dos Brigaecoi
Senākokredīmā
Recons IberoCeltica Forum

M· Diniz Nemetios
Administrador
Administrador

Mensagens : 297
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 30
Localização : Lagoa Seca, Parahyba - Brasil

http://recons-iberoceltica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Divinação através de dados

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 4:50 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum