Práticas devocionais matutinas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Práticas devocionais matutinas

Mensagem  M· Diniz Nemetios em Dom Abr 01, 2012 4:13 pm

Saudações!

Este tópico é para compartilharmos práticas pessoais devocionais a serem realizadas regularmente pela manhã. Iniciemos, pois.

1. Oração Matinal.
(livre adaptação minha da oração 'Moch Maidin' de Robert Kaucher)

Após uma ablução matinal (incluindo da boca), voltado ao nascer do sol, em posição de oração:

Eu me levanto hoje
Com a graça dos deuses,
Que eu seja forte como um touro,
Sábio como um salmão,
Valente como um javali,
Que haja excelência sobre minha casa,
Excelência sobre meus amigos,
E excelência sobre minha parte do trabalho.
Sua biieto.


Logo após, saúda-se os deuses ainda em frente ao Nascente.

2. Canto de Elevação Mental

Pode ser realizado, antes ao invés ou depois da oração precedente, 3x (no mínimo). Ainda, é uma prática mais voltada aos que desejam uma rotina mais sacerdotal ou que em certos casos/dias, precisa de um melhor "alinhamento" - a ideia básica é realizar um canto monotônico (em C, ou seja dó) do estilo dos Mantras (para ser franco, a inspiração do canto abaixo é do Gayatri Mantra - clica para ouvir).

Britim magasomī ad vīriām | que eu eleve o juízo à verdade | May I increase judgement towards truth
Ūsselisetos Sūlī en vārī, | tão alto como o Sol na aurora, | As high as the Sun at the dawn,
Lēstū auios* ver retū srutō, | pela luz da inspiração sobre o reto curso, | By the light of the inspiration over the fair stream,
Com ariō cridiō indi dānū. | com nobre coração e dom. | With noble heart and craft.

-------
*'auis' é bem provável, que pela tendência fonética geral em casos deste tipo, o *-w- intervocálico caísse, daí que *awiC- > *auis > **āis, de onde o genitivo singular **āios (ao invés de **auios como lá está).

M· Diniz Nemetios
Administrador
Administrador

Mensagens : 297
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 30
Localização : Lagoa Seca, Parahyba - Brasil

http://recons-iberoceltica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Práticas devocionais matutinas

Mensagem  M· Diniz Nemetios em Dom Abr 01, 2012 4:28 pm

Uma tradução de uma prática da ADF. Para maiores informações, vd. ADF. Our Own Druidry: an introduction to Ár nDraíocht and the Druid Path. Phoenix: ADF Press, 2008. p. 37-38.

Como sempre, há algo de complicado nas (re)construções linguísticas - caso o sujeito se sinta mais a vontade, é óbvio que deve fazer falar em português mesmo (ou mesmo, reorganizar os ditos em rima e métrica uniforme - facilita a memorização).

3. Prática devocional matinal.

Diante do espaço devocional (no quarto ou no altar doméstico), tendo água e fogo (uma vela serve) diante de si. Acenda o fogo com estas palavras:

Induso aedu som bāregom | Eu acenderei o fogo esta manhã
Vēdei Dēvobo ūssom, | Na presença dos Deuses acima,
Vēdei Senaecobo ande, | Na presença dos Ancestrais abaixo,
Vēdei Nārobo ambime. | Na presença dos Nobres ao meu redor.

Põe a água de uma vasilha para outra com as seguintes palavras:

Trī en talamuni, | Os três que estão na terra,
Trī en nemesi, | Os três que estão no céu,
Trī en māromorī. | Os três que estão no grande mar.

Molha teus dedos na água e toca tua testa e bochechas com estas palavras:

Amō monām* dricām en glana aqua, | Eu banho minha face em água pura,
Amō monām dricām en aqua biotudos, | Eu banho minha face nas águas da vida,
Itasomī glanos sodiu. | Que eu vá limpo por este dia.

---
*'monām' – Pronome possessivo feminino da 1ª p. sg. no acusativo. Em Protocéltico se tem – basicamente – duas bases para a construção de tais pronomes, *mon- (que utilizamos, de onde **monos -ā -om) ou *mow- (< **mowos -ā -om). É bem provável que tais pronomes no céltico do ocidente ibérico, devido a sua maior propensão a arcaísmos/ítalo-celtismos, tivesse tais pronomes na raíz *men- > **menos -ā -om; o português 'minha' pressupõe um arcaico 'minia' < **meniā < *men-yā que é diferente do latim 'mea'.

Pega o fogo e levanta-o a altura da vista com estas palavras:

Nertom monābo lāmābo en gnīmū, | Força para minhas mãos no trabalho,
Vēdiā en mona labaria, | Sabedoria em minha fala,
Stercā monei cridiei ollobo, | Amor em meu coração para todos,
Indi vīrā stercā olli moi. | E verdadeiro amor de todos para mim.

Pega em um pedaço da roupa ou em amuleto/joia com estas palavras:

Bueti bodiā* mona dīsuinia, | Haja agradecimento pelo meu despertar,
Bueti bodiā monō eirregiō, | Haja agradecimento pelo meu levantar,
Bueti bodiā monō biotūdi, | Haja agradecimento pelo meu viver,
Indi anetlō vocelounō moi. | E pela proteção que me cobre.

---
*'bodiā' – PrC: *bodiyā “prazer, contentamento, agradecimento”. Um termo para isto é complicado, há *φrato- (> **radom) “graça, virtude, bênção, boa fortuna”. No entanto, a noção aqui parece ser de “reconhecimento” - neste sentido, há *molātu- (< **molādus) “louvor, homenagem” ou algo com base em *ati-gnāto- “reconhecido, afamado”, do tipo *ati-gnātiom > “reconhecimento”.

Apaga o fogo com estas palavras:

En anvani Senōm, | Em nome dos Antigos,
En anvani Nārōm, | Em nome dos Nobres,
En anvani Dēvōm, | Em nome dos Deuses,
Itasomī adareio sentum gustōs. | Que eu vá em frente na senda da virtude.

Liba a água, preferivelmente sobre a terra ou plantas, antes de deixar a casa.

M· Diniz Nemetios
Administrador
Administrador

Mensagens : 297
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 30
Localização : Lagoa Seca, Parahyba - Brasil

http://recons-iberoceltica.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum